Archive for abril \13\UTC 2010

O canal mais odiado no youtube

13 de abril de 2010

Adivinhem qual é o canal mais odiado no youtube?

É de algum político? Não. É de algum artista famoso? Também não. O canal mais odiado no youtube chama: WMG!

Quem navega pelo youtube há muito tempo certamente já deve ter deparado com a seguinte mensagem:

“AVISO

Este vídeo contém uma faixa de áudio que não foi autorizada por WMG. O áudio foi desativado. Mais informações sobre direitos autorais

WMG é a abreviação de Warner Music Group, uma das maiores gravadoras do mundo. Por questões de “direitos autorais”, vídeos que contem áudio de artistas que contaram com a WMG acabam ficando mudos.

No youtube, alguém se registrou com o nome de WMG (www.youtube.com/user/wmg), mas acontece que esse não é o canal oficial da Warner Music Group. O canal oficial é: www.youtube.com/user/warnermusicgroup.

Apesar disso, no canal da pessoa que registrou com o nome de WMG você pode ver mais de dois mil comentários de ódio por causa das atitudes da Warner Music Group (ou, por quê não, Warner Muting Group?).

No youtube há também a UMG (Universal Music Group) que consegue fazer pior que a WMG, simplesmente bloqueando o acesso e não disponibilizando o conteúdo. Um exemplo disso é que não pude assistir o vídeo que está na lista dos mais assistidos pelos brasileiros atualmente, (Barbie Girl – Aqua).

Se você tentar visitar o link www.youtube.com/umg, verá que a conta foi cancelada, mas o canal oficial é esse: www.youtube.com/user/universalmusicgroup.

Tanto no canal oficial da WMG, como o da UMG os comentários são bloqueados… mas imaginem se não fossem… seria ótimo: eles ouviriam poucas e boas (e eles certamente sabem disso).

Atitudes como essa não impedem a pirataria e nem resolvem a questão dos direitos autorais, só prejudicam usuários que querem colocar os seus vídeos e arranham mais ainda a imagem das gravadoras… e também, se o usuário não quer ver um clipe ou música que gosta ele pode publicar em outro site ou simplesmente baixá-lo em alguma rede P2P.